quarta-feira, 14 de julho de 2010

UM CASAMENTO FELIZ

UM CASAMENTO FELIZ
Uma Identidade comumParte II
Para que um casamento funcione o esposo e a esposa se vejam como um só.O homem já não vive mais a sua vida para si nem sua mulher vive para si. Agora existe uma nova união, uma nova família, uma nova unidade. Adão expressou esta identidade comum quando DEUS lhe trouxe a mulher. Ele disse:
“E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.” GÉNESIS 2.23O versículo seguinte termina com as palavras TORNANDO-SE OS DOIS UMA SÓ CARNE.(v.24)
Mas nem sempre é assim fácil viver esta identidade comum no dia-a-dia.Isto porque o marido e a esposa têm hábitos diferentes, uma educação diferente, diferentes personalidades e diferentes cicatrizes emocionais.
Além disso, Eva não era um clone de Adão. Ela era singular, única, assim como todo ser humano é sem igual. Ela não saiu de nenhuma linha de montagem. Ela era diferente, tanto fisicamente como emocionalmente.Ela tinha necessidades diferentes – necessidades que somente Adão podia satisfazer. E somente ela podia satisfazer as necessidades de Adão.
Num casamento, o homem e a mulher são conduzidos à união. Eles de tornam um, fundindo-se um à vida do outro.É um ato único para sempre, todavia implica num processo. Tempo, amor, paciência e perdão são necessários para que a identidade que ambos compartilham no casamento venha a amadurecer. E isto tem resultados maravilhosos. O homem e a mulher já não estão sozinhos. Eles são um.
Os dois são um só, embora sejam pessoas distintas com grandes diferenças, eles concordam em seguir o caminho da vida como um só.Eles tem uma identidade comum.