domingo, 27 de junho de 2010

G20 reconhece risco de crise profunda

Os líderes do G20 reconhecem a ameaça de uma profunda recessão e esperam que consigam sair da cúpula em Toronto, neste fim de semana, com um acordo sobre como evitar que isso aconteça, afirmou o ministro de Finanças canadense, Jim Flaherty, em entrevista na televisão transmitida neste domingo (27).

- Há um reconhecimento de que podemos recuar para uma recessão e ninguém quer voltar para a recessão, então, estamos tentando chegar à resolução correta, o equilíbrio certo aqui.

Enquanto o G20 busca um acordo de compromisso sobre o quão rápido cortar o estímulo fiscal e começar a lidar com os saldos negativos, o Canadá vê o risco maior nos níveis da dívida soberana, disse Flaherty.