quarta-feira, 9 de março de 2016

Da Soberba á Humildade I




Humildade vem do latim humilitas, e é a virtude que consiste em conhecer as suas próprias limitações e fraquezas e agir de acordo com essa consciência. Refere-se à qualidade daqueles que não tentam se projetar sobre as outras pessoas, nem mostrar ser superior a elas. 

Características como cordialidade, respeito, simplicidade e honestidade, embora sejam frequentemente associadas à humildade, são independentes. Portanto, quem as possui não precisa necessariamente ser humilde. 

Muito confundida com a Modéstia, sendo esta o sentimento de velar-se quanto às qualidades intelectuais e morais (em oposição a um exibicionismo vaidoso).

Jesus Cristo e a humildade, a Bíblia diz que Ele "sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz" (Filipenses 2:6-8).

Friedrich Nietzsche, em contrapartida diz que a humildade é uma falsa virtude que dissimula as desilusões que uma pessoa esconde dentro de si. Discordo totalmente desse pensamento ate porque temos muitas pessoas com grandes riquezas tanto intelectuais como matérias e sendo ao mesmo tempo humildes isso tanto com pessoas religiosas como não.

"Embora esteja nas alturas, o Senhor olha para os humildes, e de longe reconhece os arrogantes."
Salmos 138:6

Para além das diferenças em termos de conceito, as pessoas partilham da mesma visão sobre a humildade como sendo a característica que levam as pessoas a realizarem uma ação sem proclamar os seus resultados. Humildade também não significa ter de se rebaixar para as outras pessoas, mas sim reconhecer e admitir suas falhas.