sexta-feira, 11 de março de 2016

Da Soberba á Humildade III

"Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,"
Efésios 4:2

Você teria um espírito de resistência,com intenções de vingança? Se você resistir
ao Espírito de Deus, que lhe pede que demonstre o amor e a graça de Jesus Cristo,
seu Salvador, pode ficar certo de uma coisa: Deus também resistirá a você! Bem, mas isso não quer dizer que agora Deus vai-se virar contra você e tomar o partido do outro que o maltratou. Mas quer dizer que ele irá resistir-lhe porque sempre resiste ao obstinado.

Quando Deus resiste a um homem por causa de pecados de atitude, e do espírito, ocorre uma lenta degeneração espiritual interior que é um sinal do castigo que veio sobre ele. E esse endurecimento lento do coração provocado pela nossa obstinação em não nos rendermos a Deus, acaba provocando cinismo. Desaparece o gozo espiritual, e não produzimos mais os frutos do Espírito.

A humildade é uma qualidade muito importante. Quem é humildade reconhece que sua vida depende de Deus. Tudo que você faz, todos os seus talentos, todos os seus sucessos vêm de Deus. O humilde reconhece que sem Deus não é nada. O orgulho afasta de Deus mas a humildade aproxima. A humildade leva a reconhecer o pecado e a pedir perdão. A humildade também ajuda nos relacionamentos com outras pessoas. O humilde reconhece que não é melhor que ninguém e todos merecem amor e atenção. Deus abençoa o humilde.


É importante observar também que esse texto afirma que o mesmo Deus que tem
que resistir ao soberbo, sempre está pronto para conceder ao humilde a sua graça. A Bíblia ensina que devemos humilhar-nos sob a potente mão de Deus. Se tivéssemos que demonstrar nossa humildade apenas sob a mão de Deus, isso seria relativamente fácil. Se o Senhor lhe dissesse: “Olhe, vou chegar à igreja, e vou me colocar lá na frente. Você deverá vir ajoelhar-se e humilhar-se diante de mim”, isso seria muito fácil, pois sei que não é humilhante ajoelhar-me diante do próprio Deus. Qualquer um poderia fazer isso e continuar a sentir-se orgulhoso, embora estivesse ajoelhando-se perante a eterna Majestade de Deus nas alturas. Mas Deus conhece nosso coração e não permite que obedeçamos à sua ordem de ser humilde somente com um gesto exterior. Submeter-se, mas não fazer concessões para nos humilharmos, não devemos transgredir as leis
morais nem falsear a verdade. Mas nessa orientação que Deus dá a seu povo para que se humilhe, ele faz uma promessa, a de que “em tempo oportuno” ele nos exaltará! “Tempo oportuno”. Acredito que isso se refere a uma ocasião adequada em todos os aspectos. Será a hora que Deus sabe ser a melhor para nós, para nosso aperfeiçoamento, uma hora em que seu nome receberá toda a glória, e que resultará em bem para outros. Esse é o “tempo oportuno”. 

"Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado."
Lucas 14:11

Deus sabe o que é melhor para cada um de nós, no seu plano de transformar-nos em crentes que irão glorificá-lo e honrá-lo em todas as coisas. Assim também, se Deus vier
prontamente em nossa defesa, antes que tenhamos passado pelo fogo, isso redundará
em prejuízo para nós. Então, se você estiver numa fornalha, não queira sair dela antes da hora. Espere pela vontade de Deus, e ele o exaltará no tempo oportuno o momento certo para as circunstâncias. Será uma hora certa, determinada por Deus, com o propósito de
glorificá-lo, e edificar seu espírito.

Uma das maiores fraquezas que nós, os crentes, temos, é a de querer tudo acertado antes que a provação termine. Deus já disse que ele deseja testar-nos e pôr-nos à prova, e que depois que a provação terminar ele mesmo dará o veredito: “Provado e achado sem falta!”

"Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;"


A.W.Tozer – As vestes da humildades

Da Soberba á Humildade I
Da Soberba á Humildade II